Gelatina Zero – posso comer à vontade? (inclui receita caseira)

Gelatina Zero – posso comer à vontade? (inclui receita caseira)

Bom dia!

Não é incomum conhecermos pessoas que incluem a gelatina de forma praticamente diária, sendo a mais comum a gelatina % açúcar.

Uma vez que esta gelatina apresenta um valor calórico muito baixo, é muitas vezes convictamente sugerida como benéfica para a perda de peso.

Mas será que é assim tão benéfica, que cumpre o seu propósito sem consequências e que a devemos recomendar/consumir?

A resposta é… não.


A justificação é simples:

1) É um produto ultraprocessado. Mesmo que a matéria prima seja algo natural, o que pomos na boca já não o é, sendo um produto altamente sintético e artificial;

2) Para substituir o açúcar é adicionado algum adoçante, geralmente sintético, cujo consumo frequente é fortemente desaconselhado (ciclamato, acessulfame K, aspartame, sacarina), por poder colocar em risco a nossa saúde, sobretudo com um consumo frequente e cumulativo dos mesmos. Além disso, vários estudos apontam para o facto destes adoçantes não calóricos poderem alterar a nossa regulação fisiológica do apetite, não só porque o corpo ao sentir o sabor doce se prepara metabolicamente para a chegada de açúcar/calorias que afinal não chegam, mas também pelo facto de que estes adoçantes alteram a nossa microbiota intestinal e, consequentemente, a nossa regulação metabólica e do apetite;

3) Não mata a fome, o que faz com que esteja continuamente a precisar de petiscar, aumentando consideravelmente o risco de fazer más escolhas. Tente lembrar-se: quando come uma porção de gelatina 0%, passado quanto tempo tem de comer novamente?

4) É pobre em proteínas, ao contrário do que muitas vezes é preconizado. Mesmo que fosse rica em proteínas, teríamos sempre de pensar: eu preciso de mais proteína? Esse aumento é ao custo de quê?

Não pretendo colocar aqui nenhuma proibição ao uso de gelatina, apenas não incentivar o seu consumo somente por não ter calorias. Temos de pensar o seguinte: as calorias vêem associadas aos nutrientes, certo? Cada grama de proteína ou de hidrato de carbono tem 4 Kcal, cada grama de gordura tem 9 Kcal. Então uma coisa que não tem praticamente kcal nenhumas, é feita de quê? Tem que nutrientes? Vai nutrir o quê?

Por fim, para quem quiser experimentar fazer uma gelatina em casa, fica aqui uma receita. É vegan, saudável e adequada para crianças. Não é 0 Kcal mas é seguramente mais nutritiva.

Ingredientes:

  • 400 ml de sumo 100% fruta à escolha e à temperatura ambiente;
  • 125 ml (1/2 chávena) de  água;
  • 1 pacote de 2g de agar (sugiro a marca Vahiné, à venda nos supermercados comuns, na zona dos produtos para bolos, como farinhas, corantes, enfeites, etc);

Como preparar:

  • Comece por preparar e deixar prontos os recipientes onde irá colocar a gelatina, uma vez que a gelatina solidifica rapidamente;
  • Colocar uma panela em lume brando com a água e o agar-agar. Dissolver tudo muito bem;
  • Deixar ferver esta mistura por 2 minutos no mínimo, até ficar uma espécie de calda. Quando estiver pronto, desligar o lume;
  • Juntar apenas um pouco de sumo para temperar a mistura. É importante ser apenas um pouco, caso contrário a mistura irá solidificar antes do tempo;
  • Adicionar mais um pouco e misturar;
  • Adicionar o restante sumo e misturar tudo muito bem;
  • Colocar a gelatina rapidamente nos recipientes que preparou no 1º passo;
  • Levar ao frigorífico por 2h ou até estar completamente solidificada; 
  • Bom apetite!



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *