Costuma observar as suas fezes?

Costuma observar as suas fezes?

Pode parecer uma pergunta estranha mas fique a saber que tanto o formato quanto a consistência das suas fezes podem dar-lhe muitas informações acerca da sua saúde intestinal. 

A Escala de Bristol (imagem deste post) separa as fezes em 7 tipos com as respetivas descrições:

💩 Tipo 1 – Fezes em “bolinhas” pequenas e duras: costumam bioar e podem ser indicadoras de um consumo baixo de fibras, baixa ingestão de água ou quadro de intolerância alimentar;

💩 Tipo 2 – Em forma de salsicha, com grumos: indica trânsito intestinal lento. Tal como o tipo 1, pode acentuar o crescimento e metabolismo bacteriano, e também causar dor durante a evacuação;

💩 Tipo 3 – Em forma de salsicha, com fissuras na superfície: semelhante às fezes tipo 3, mas com uma ligeira melhoria;

💩 Tipo 4 – Em forma de salsicha fina, suave e macia: as fezes movimentam-se facilmente e sem causar desconforto, sinal de um bom funcionamento intestinal;

💩 Tipo 5 – Fezes fragmentadas, macias mas em pedaços com contornos definidos: as fezes movimentam-se mais rápido do que o normal, o que pode causar carências nutricionais;

💩 Tipo 6 – Pedaços esfarrapados: o trânsito intestinal está rápido demais, o que prejudica a absorção de nutrientes no intestino delgado e de água no intestino grosso. Podem também indicar um desequilíbrio na microbiota intestinal, podendo sinalizar quadros de síndrome do cólon irritável com urgência evacuatória ou levantar a suspeita de hipersensibilidades alimentares;

💩 Tipo 7 – Líquidas: pode indicar uma infeção gastrointestinal, quadros alérgicos significativos, doenças inflamatórias intestinais ou, no caso de terem uma cor mais clara, alterações na absorção de lípidos.

Consegue identificar o seu tipo de fezes? O que é que estas lhe contam? 😉

➡️ Em caso de dúvida, consulte o seu nutricionista e/ou médico gastroenterologista. ⬅️



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *