O que é a Nutrição Funcional?

O que é a Nutrição Funcional?

A Nutrição Funcional  engloba a prevenção e tratamento de doenças, com foco na avaliação de aspectos genotípicos e bioquímicos individuais e a sua susceptibilidade para o desenvolvimento de doenças. Através de 5 princípios básicos (individualidade bioquímica, tratamento centrado no paciente, equilíbrio nutricional/biodisponibilidade de nutrientes, saúde e teia de interconexões metabólicas), permite o desenvolvimento de condutas personalizadas voltadas para o equilíbrio funcional e nutricional do organismo e modulação de fatores que predispõem a desequilíbrios e doenças, promovendo a saúde e longevidade.

Imagine a sua própria cronologia: qual foi o seu tipo de parto, que medicações tomou em criança, como foi a evolução do seu peso, como tem sido o seu estado emocional, que problemas de saúde tem tido… Tudo o que faz parte da nossa história, faz parte da nossa saúde/doença. A Nutrição Funcional irá juntar a essa cronologia, todos os sinais, sintomas, possíveis intolerâncias alimentares, stress, alterações de sono, queixas digestivas, e análises ao sangue, pois cada um destes nos dá pistas sobre alguma carência ou excesso nutricional, ou problema de saúde que possa existir.

Vejamos alguns exemplos da atuação da Nutrição Funcional:

Otimização da composição corporal

A perda de peso, redução da gordura corporal ou aumento de massa muscular são das áreas mais comumente associadas a uma consulta de Nutrição. Na Nutrição Funcional, a otimização da composição corporal tem em conta o padrão alimentar do indivíduo, mas também todas as suas caraterísticas metabólicas, alterações hormonais, estilo de vida, e outros fatores desencadeadores de um desequilíbrio da composição corporal, com o objetivo de corrigi-los, atingindo uma composição corporal ótima, sempre a par de melhorias na saúde.

Gravidez, menopausa e saúde da mulher

Ciclo menstrual, síndrome pré-menstrual, pré-conceção, gestação, pós-parto e menopausa são alguns dos aspetos englobados na saúde da mulher.

Nutrição na idade pediátrica

No ano de 2017, 28,5% das crianças portuguesas tinham excesso de peso, apenas 2% consumia fruta diariamente e passavam uma média de 4h/dia a ver televisão em dias de semana e 7h/dia ao fim-de-semana, o que nos coloca em 5º lugar na Europa no que diz respeito ao excesso de peso na infância.

Pela primeira vez nos últimos anos, a presente geração de crianças terá ao longo da sua vida mais doenças e menor esperança média de vida do que tiveram os seus pais!

A Nutrição Funcional pretende que juntos, pais e filhos, aprendam sobre quais as melhores opções alimentares as crianças/jovens crescerem com saúde e vitalidade, ganhando ideias de lanches saudáveis para a escola, truques para aumentar a ingestão de vegetais, receitas de doces saudáveis, entre outras.

Patologias

Diabetes, colesterol elevado, hipertensão, colite, doença de Crohn, cancro, entre outras, são patologias comuns nos dias de hoje. Nestas, a Nutrição Funcional pode ter um papel preventivo e/ou terapêutico.

Cada vez mais frequentes, as patologias auto-imunes (ex: Diabetes Tipo I, Esclerose Múltipla, Doença Celíaca, Artrite Reumatóide, Vitiligo, Psoríase, etc) são doenças nas quais a Nutrição Funcional pode ter um papel importante na redução de sintomas e prevenção do agravamento da doença.

Faça a sua parte e melhore a sua condição com a Nutrição Funcional.



2 thoughts on “O que é a Nutrição Funcional?”

  • Joaninha, minha querida amiga!! Estou muito feliz pelo seu site. Você é uma pessoa e profissional super competente e ainda bem que você está aqui para divulgar os seus conhecimentos. Desejo muita sorte e que a vida conspire muitas coisas boas a seu favor!
    O site está lindo!!
    Muitas beijocas!!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *